ENFIM, A VACINA

Iniciamos o ano de 2021 ainda preocupados com o desenrolar da pandemia do novo coronavírus.

Uma pandemia que mexe com a gente, pois traz insegurança em continuar empregado, em não ser contaminado ou perder entes queridos.

Já em dezembro, países começaram a vacinação de sua população e no Brasil nada de data para início da vacinação. Temos um governo que quer ver os brasileiros morrendo, vide o caos em Manaus com pessoas morrendo sem oxigênio e governo estadual e Ministério da Saúde não fizeram nada, mesmo sabendo dias antes do problema.

Mas no último domingo (17), apesar do Bolsonaro não contribuir em nada, a Anvisa aprovou o uso emergencial das vacinas da Fio Cruz (Astra Zeneca/Oxford) e do Butantan (Sinovac). Um alento e uma ponta de esperança para dias melhores.

No mesmo dia o governador de São Paulo, João Doria vacinou a primeira brasileira, com fotos e tudo ao vivo, deixou o governo federal sem ação, até porque nem planejamento eles têm.

Vale lembrar que o Bolsonaro sempre desdenhou da vacina do Butantan, chamando de “Vachina”, e chegou a comemorar a morte de uma pessoa que fez parte da pesquisa, mostrando o quanto ele é a favor da morte, não da vida.

O presidente prefere incentivar o uso de um remédio que não tem eficácia nenhuma para combater o coronavírus. Só no Brasil isso acontece. O principal defensor da cloroquina, o médico francês Didier Raoult, mudou a sua posição e disse que o remédio não reduz as mortes.

E se não fosse a vacina do Butantan, hoje não estaríamos falando sobre as primeiras pessoas que começam a ser imunizadas em todo o país.

Bolsonaro perdeu em várias brigas. Perdeu para o Doria, perdeu para a vacina chinesa, perdeu o timing para aparecer na foto com o primeiro vacinado. Ele só perdeu.

Outra derrota é os dois milhões de doses da vacina de Oxford que viria da Índia que hoje começou a exportar para vários países, menos o Brasil. Nem isso esse governo consegue fazer direito.

Se dependesse deles, não teríamos vacina nunca e cada um que lute para sobreviver.

Agora é torcer para que os insumos cheguem ao país para a fabricação das vacinas e termos um ano melhor e mais esperançoso para todos.

Fonte:http://www.mundosindical.com.br/Informativos/8810,Enfim-a-vacinaRedação Mundo Sindical

Você também pode gostar…

(2) Comentários

  1. Fagner Valido de Oliveira

    Bom dia vamos colocar planos de saúde prá a categoria porque tá difícil a saúde dos motoristas espera pelo SUS.

    1. Venilda Billig

      Boa tarde!

      Primeiramente pedimos desculpas pela demora.

      Informamos que o sindicato oferece para os associados e dependentes tratamentos odontológicos e consultas médicas com valores diferenciados, sendo que alguns procedimentos odontológicos são patrocinado pela entidade, ou seja, sem custos para o trabalhador sócio e seus dependentes.

      Compareça ao Sindicato para mais informações.

      Atenciosamente;

      À Diretoria

Comentários estão encerrado.

Chamar no Wats
1
Clique aqui para chamar no Whatsapp
Olá, Como podemos Ajudar?